Como viver de renda? Saiba onde investir para alcançar essa meta

25 de março, 2022
6 minutos de leitura
Empreendedorismo

Aprender sobre como viver de renda é essencial para quem busca mais autonomia financeira. É possível conquistar esse objetivo seguindo alguns passos e escolhendo alguns tipos de investimentos.

 

Neste artigo, explicaremos como você pode se planejar para viver de renda e garantir os seus rendimentos futuros sem deixar de cumprir com as despesas atuais. Também citaremos os principais investimentos recomendados para quem deseja viver de renda. Confira!

 

O que é viver de renda?

 

Para começar, você sabe o que é viver de renda? Essa expressão significa que todos os seus custos de vida são pagos com rendimentos passivos. Nesse sentido, estão incluídas as aplicações financeiras, como a renda fixa.

 

Por isso, viver de renda é um sonho de muita gente, porque oferece a liberdade de não trabalhar e, ainda assim, garantir o próprio sustento. Além do mais, esse estilo de vida permite que você tenha mais tempo livre para objetivos pessoais, como aproveitar a família, curtir o seus hobbies e viajar.

 

Como viver de renda: 4 dicas para começar

 

 

Os passos de como viver de renda envolvem o planejamento financeiro, para conhecer a sua situação atual, além da criação de uma reserva para gastos extras. Conheça adiante algumas sugestões para guiar a sua trajetória rumo à independência financeira!

 

Faça um planejamento financeiro

 

Você quer responder à pergunta “O quanto preciso para viver de renda”? Primeiramente, deve calcular os seus ganhos e os seus custos mensais. Avalie quais são as despesas desnecessárias que você pode reduzir no orçamento para conseguir investir.

 

Dependendo da sua situação financeira, pode ser necessário realizar a negociação de dívidas. É importante analisar a necessidade de garantir uma renda extra mensal, com o propósito de que seja direcionada aos seus futuros investimentos.

 

Crie uma reserva de emergência

 

A próxima dica de como guardar dinheiro é contar com uma reserva de emergência. Ter essa quantia à sua disposição é importante para você conseguir lidar com imprevistos, como uma demissão ou uma doença, e ter mais segurança.

 

Para chegar ao valor da reserva, considere o seu custo mensal e multiplique por seis. Por exemplo, caso o custo seja de R$ 1,5 mil, a reserva vai ser de R$ 9 mil. A partir daí, você pode começar os passos de como viver de renda e fazer outros investimentos sem se preocupar com emergências financeiras.

 

Os melhores investimentos para a reserva de emergência são aqueles em que a liquidez é diária, garantindo que o seu dinheiro possa ser resgatado a qualquer momento. Nesse sentido, são indicados rendimentos como os Certificados de Depósito Bancário (CDBs).

 

Saiba qual é o seu perfil de investidor

 

Também é importante definir o seu perfil de investidor. Essa análise deve ser oferecida por corretoras de investimentos ou instituições financeiras. Com a avaliação, é possível saber se você tem disposição para fazer investimentos mais arriscados ou mais cautelosos.

 

Os perfis de investidores variam entre conservador, moderado e agressivo. A variação acontece conforme a sua disponibilidade de assumir mais riscos e ter a chance de garantir mais ganhos.

 

Estude muito sobre investimentos

 

O terceiro passo de como viver de renda é priorizar o estudo sobre o mercado financeiro. É fundamental separar algumas horas por semana para se dedicar ao aprendizado de conhecimentos sobre o assunto. Aproveite os conteúdos gratuitos disponíveis no YouTube e em sites especializados em investimentos.

 

Ao desenvolver os seus conhecimentos sobre investimentos, você vai obter mais confiança para dar os próximos passos. Do mesmo modo, é provável que consiga variar a sua carteira de investimentos e realize aplicações financeiras com mais rentabilidade.

 

Quais são os melhores investimentos para viver de renda?

 

Quer saber onde investir para viver de renda? Alguns investimentos são mais recomendados para quem está em busca da independência financeira. É recomendado que você os diversifique para alcançar essa meta.

 

Para saber em quanto tempo você vai obter os rendimentos, considere a quantia que vai guardar mensalmente, a rentabilidade dos investimentos e o período em que pretende viver de renda. É necessário ainda atualizar os depósitos conforme o ajuste inflacionário.

 

Tesouro Direto

 

Um dos investimentos de renda fixa para quem quer viver de renda é o Tesouro Direto. Ele é classificado como renda fixa porque o investidor pode conhecer as condições do rendimento no momento em que faz a aplicação financeira.

 

Fundos de Investimento Imobiliários (FIIs)

 

Os Fundos de Investimento Imobiliários (FIIs) são aqueles com aplicações feitas em prédios comerciais, escolas e shoppings. Por isso, tendem a apresentar maior rentabilidade do que a compra de um imóvel para obter o aluguel.

 

Ações que pagam dividendos

 

Além do mais, é possível apostar em ações que pagam dividendos, porque essa modalidade assegura ao investidor uma parcela dos ganhos de empresas. Para escolher bem um investimento desse tipo, você pode verificar qual é o Índice de Dividendos que ele apresenta na bolsa de valores brasileira, a B3.

 

Conheça os diferenciais da Yuool

 

Curtiu aprender os passos de como viver de renda? A Yuool é uma startup brasileira que nasceu com o intuito de revolucionar o varejo. Os nossos calçados são criados com conforto e tecnologia, seguindo princípios de sustentabilidade.

 

Além do mais, produzimos tênis minimalistas e atemporais, para deixar o seu dia a dia mais simples. Assim, ao adquirir os nossos produtos, você também contribui para o consumo consciente e diminui a geração de lixo.