• empreendedorismo

    DNVB: Saiba o que é e quais as vantagens deste modelo de negócio que cresce cada vez mais

    As DNVBs (Digital native vertical brand) se caracterizam por serem marcas nascidas online, diferentemente do modelo tradicional no qual nascem no offline e então precisam buscar um canal de e-commerce para garantir a sua presença digital. As marcas nativas digitais já iniciam sua vida nesse ambiente e preservam ele como o seu maior canal de comunicação com os clientes - porém não são limitadas a ele. Muitas optam por abrir showrooms, lojas temporárias ou outros tipos de canais físicos como forma de criar uma aproximação com o consumidor e aumentar o seu público. É o caso da loja temporária da Yuool no Shopping Iguatemi da Faria Lima, em São Paulo.

     

    As vantagens do modelo DNVB são inúmeras: a tecnologia elimina os intermediários e reduz o custo de logística, estoque, lojas, e tudo que envolve o tradicional varejo físico. Marcas como a Bonobos, Glossier e Warby Parker são algumas das mais conhecidas internacionalmente que seguem o modelo e, no Brasil, podemos citar a Sallve, a Livo e a Zissou. Alguns dos players internacionais chegam a ter valuation superior a U$1bi.

     

    O foco das DNVBs é a experiência do usuário. Se trabalha buscando um produto excelente e atendimento ainda melhor. Isso pode ser atingido através da proximidade que as marcas que trabalham nesse modelo têm com os clientes, isto é, os clientes são clientes da marca e não apenas do produto. Quando se coloca o produto a venda em um marketplace ou em um varejista físico tradicional o consumidor pertence a ele e não a marca que faz o produto. No caso da Yuool, por determos o produto e a plataforma de venda, conseguimos coletar de forma precisa os dados sobre o público e tornar a experiência ainda mais adequada e personalizada para ele.

     

    O benefício de não ter um marketplace ou um varejista físico como intermediário não está apenas na relação com o cliente, mas também nas margens. Excluindo o mark up do varejista da conta, é possível oferecer um produto de qualidade igual de forma muito mais acessível e ainda ter um mark up maior que vai diretamente para a marca, como mostra a imagem abaixo:

    Andy Dunn, dono da Bonobos, aponta as maiores diferenças entre uma DNVB e um e-commerce no manifesto que cunhou o termo: “O e-commerce é um canal, a DNVB é uma marca. O e-commerce tem margens baixas; a DNVB tem margens altas. O ecommerce pode crescer incrivelmente rápido; a DNVB não pode crescer tão rápido, mas é mais valiosa à longo prazo pois é mais que apenas preço.”.

     

    É com base nessas premissas que a Yuool vem construindo a sua marca desde dezembro de 2017, mantendo sempre a mentalidade digital e oferecendo produto e atendimento de alta qualidade, garantindo dessa forma a melhor experiência possível para os consumidores - o que se comprova com a alta taxa de recompra por parte dos clientes da Yuool.